quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

        A muito tempo esperei ter este tempo para poder expor tudo o que me aconteceu nos ultimos tempos na minha vida. Sim foram diversos fatos que nem eu esperava, uns me renderam um pequeno estress, mas muitos renderam felicidade extrema, belas gargalhadas e lindas lembranças que com toda certeza nao esquecerei tao cedo. Desafios nao me faltaram, e por mais de terem sido sofridos alguns deles, agradeço eternamente por terem feito que uma mudança positiva na minha vida. Confesso que para mim estar aqui bem contente escrevendo este post, precisei começar a deixar de lados certas preocupações que acabavam com o meu bom humor diário, ou seja, começei a dar mais valor aos meus problemas e nao somente das pessoas que me cercavam. Sim esse costume confesso que ainda tenho, mas diminuiu muito e fez com que eu melhorasse muito, penso mais em mim e nas pessoas que considero importante, realmente a frase "Nao trato com prioridade quem me trata por opção" me caracteriza de certa forma. Mudei, mas sou a mesma, o mudar foi a evolução, mas o jeito de ser continua igual. 
       Nao posso deixar de falar em amizades, que depois da minha familia que devo muito a agradecer todos os dias, pela força, pelo apoio diário, sao os meus tesouros, são os melhores, nao melhores que os teus e nem piores que os do fulano, mas sim os melhores porque são eles o suficiente pra mim. Para quem eu digo que amo, tenham a plena certeza que é verdadeiro, porque meu sentimento é o mais sincero possível. Todas as lembranças são positivas, mesmo que em algum momento tenha acontecido algo nao esperado, alguma intriga, mas é com isto que a gente aprende a valorizar as diferenças, a gente aprende a ver que de tao diferentes, somos iguais, somo a metade da laranja do outro, somos o sal que falta na caipira, enfim o laço é forte. 
      Acredito que teriam diversas outras coisas para mim escrever, mas o que importa é o que sinto, a felicidade que todos ao meu redor me proporcionam, o bem estar que sinto em estar com cada um que considero importante. E sei que muitos dias inesquecíveis viram e nestes dias já consta o nome de cada um, porque vai ser com vocês!
         

'Ela gosta dele, ele gosta dela. Todos sabem, só eles não.' 

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Amadureci. Muitos estranharam essa mudança um tanto quanto radical, mas foi preciso que isso acontecesse. Já havia jogado fora todas as magoas e também falsas-memórias, então, por que não jogar fora a falsa-vida que eu levava? Essa história de ter que aguentar todas as pressões sem conseguir nem ao menos exclamar minha próprias opiniões já estava me cansando. Eu precisava sentir meus próprios sentimentos, ter meus próprios pensamentos e viver por mim mesma, entende? E isso fez com que as pessoas não aceitassem. Antes. Uma pessoa que sentia aquilo que os outros permitiam que sentissem. Hoje. Uma pessoa que sente e faz aquilo que realmente deseja.  Eu não mudei, cresci. Eu não esqueci, só deixei de lado. Por mais que poucos anos tenho de experiencia, já afirmo que a vida me ensinou que para ser feliz não é tão simples, basta aceitar que ela é como é, e que às vezes batemos o nosso nariz.

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Casais bonitos são aqueles que acima de tudo são amigos, brincam, brigam, tiram sarro um do outro, se mordem, beliscam, mas se amam de um jeito que ninguém consegue duvidar. Amor não é só de beijos, de amassos. Amor é CARINHO, amor é CUIDADO, amor também é AMIZADE!



terça-feira, 20 de dezembro de 2011



“Hoje levantei cedo pensando no que tenho a fazer antes que o relógio marque meia noite.É minha função escolher que tipo de dia vou ter hoje. Posso reclamar porque está chovendo ou agradecer às águas por lavarem a poluição. Posso ficar triste por não ter dinheiro ou me sentir encorajado para administrar minhas finanças, evitando o desperdício. Posso reclamar sobre minha saúde ou dar graças por estar vivo. Posso me queixar dos meus pais por não terem me dado tudo o que eu queria ou posso ser grato por ter nascido. Posso reclamar por ter que ir trabalhar ou agradecer por ter trabalho. Posso sentir tédio com o trabalho doméstico ou agradecer a Deus. Posso lamentar decepções com amigos ou me entusiasmar com a possibilidade de fazer novas amizades. Se as coisas não saíram como planejei posso ficar feliz por ter hoje para recomeçar. O dia está na minha frente esperando para ser o que eu quiser. E aqui estou eu, o escultor que pode dar forma. Tudo depende só de mim.” Charles Chaplin.

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Sei que pareço não estar me importando com os fatos que acontecem ao meu redor, mas não é por cona disto que o meu coração não sofra, só prefiro guardar até encontrar alguém que eu possa contar, este é o segredo.

segunda-feira, 24 de outubro de 2011


    Os antigos são tão excluídos de certa forma, possui carregados nas costas a imagem de frágeis, sensíveis e até mesmo mais infantilizados por conta da idade, ou seja, que os idosos não nos fornecem nada de tão importante. Já eu tenho a agradecer pelo meu contato que ultimamente estou tendo, porque a cada dia e a cada conversa, soma-se um aprendizado e uma visão diferente de certos fatos que acontecem no meu dia a dia. Aprendi a valorizar cada palavra, cada olhar e cada experiência que me é contada. 

       A vida nos apresenta pessoas e todas seguem o mesmo padrão: o conhecer, o interagir, o discordar, o confiar plenamente e a mesma se torna alguém de extrema necessidade no nosso dia a dia. Alguém que conhece nossos mais íntimos segredos, que sabe realmente o que pensamos em apenas um olhar, alguém que com toda a certeza deixará saudade pela segunda vez, só que os papeis agora são trocados.  Sim, ela é apresentada e durante esta relação são vividos ótimos momentos como também ruins, mas todos superados se tornando assim uma aprendizagem e surgindo belas lembranças, que chegam a doer de tanta saudade que dá, principalmente do carinho, do afeto, da compreensão que esta pessoa transmitia.

       É, o laço se rompe e tudo fica mais complicado com a ausência, mas nada, nem mesmo a         distancia tem como romper o verdadeiro sentimento que há entre esta amizade, pois se á entendimento da escolha á o amor amigo, o   amor irmão!     




sexta-feira, 14 de outubro de 2011



Vejo que pessoas que me admiravam hoje me julgam de eu ter modificado minhas atitudes, meus conceitos, meus princípios, estão pondo de certa forma a culpa nas pessoas que ando. Para vocês uma dica: Confiem em mim, porque quem teve a oportunidade de conhecer meus defeitos e minhas qualidades, minha personalidade, minhas opiniões meus princípios, nao deveriam nem se quer criar a hipótese que tudo o que construi até hoje está se retorcendo por conta das pessoas que ando e que deixo de andar.. e sim porque foi preciso isto, não em específico á alguem, e sim para mim mesma me fazer feliz!